Rodovias terão limites de velocidade aumentados ainda em 2014

Aumento de velocidade máxima permitida em rodovias do RS

Aumento de velocidade máxima permitida

Quatro rodovias federais terão os limites de velocidade aumentados ainda em 2014

O DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes junto com a PRF – Polícia Rodoviária Federal irão promover o aumento do limite de velocidade em quatro rodovias federais brasileiras, essas 4 rodovias são no Rio Grande do Sul, mas se você não for do RS ou de alguma maneira não faz uso dessas rodovias, pense pelo lado positivo, pois parece que esse pode ser um ponta pé inicial para acabar com alguns dogmas que foram criados ao longo do tempo, um deles é este em questão, ou seja, muitas estradas brasileiras poderiam ser revistas na questão da velocidade, por apresentarem um grau de segurança bem alto e mesmo assim uma velocidade limite muito baixa.

Quais rodovias vão ter a velocidade aumenta de 80 km/h para 110 km/h e por quê?

Terão aumentadas a velocidade de tráfego as rodovias BR 158, BR 285, BR 290 e BR 472 que vão passar de máxima 80 km/h para máxima de 110 km/h. Para explicar essa alteração de velocidade a PRF e o Dnit explicam que o aumento de velocidade não vai aumentar o número de acidentes nessas rodovias, até porque em vias de fato, muitos carros já trafegam em velocidades próximas 110 km/h, complementando a tese, justificam que as rodovias em questão tem ótimas condições de trafegabilidade e segurança. Para completar, eles não vão alterar os limites de velocidade em trechos onde há necessidade de velocidades mais reduzidas, como nas zonas urbanas, cruzamentos ou em curvas muito perigosas ou até mesmo com históricos de acidentes.
Esse assunto para aumentar os limites de velocidade entrou em pauta após uma análise de velocidade operacional, ou seja, a velocidade que 85% dos motoristas andam enquanto a rodovia está em condições normais de tráfego, sem limites estipulados ou sem fiscalização visível. Ao realizar as famosas blitz policiais, que na ocasião multou mais de 40.000 carros, agentes da PRF perceberam que em determinados trechos da pista seria possível e também viável aumentar a velocidade, ao mesmo tempo, em outros trechos o limite deveria ser reduzido. De acordo com o superintendente da Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Sul, em entrevista para a Zero Hora, a equipe chegou a conclusão de que os acidentes não acontecem apenas devido à velocidade praticada pelos motoristas e que existem pontos seguros que permitem trafegar mais rápido sem aumentar os riscos.
Esse número alto de multas aplicadas nas operações de Blitz acontece exatamente por isso, o limite estipulado está muito abaixo da velocidade operacional, limite de 80 km/h e a velocidade praticada é de 110 km/h. Ajuda a explicar essa situação a engenheira Lúcia Maria Brandão que é Mestre em Engenharia de Transportes pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, que falou para o site da fabricante dos equipamentos de fiscalização Perkons.
Um trecho da entrevista com Lúcia Maria Brandão:
“Se a velocidade estabelecida para uma via […] for menor que a velocidade operacional, certamente haverá muitas infrações e acidentes. Mas nesse caso não há um mau comportamento dos motoristas. É uma liberalidade do responsável pela via em limitar a velocidade muito abaixo que a velocidade operacional, que é considerada segura.”
Com isso, conclui-se que o objetivo da PRF com esse aumento dos limites de velocidade, não tão somente diminuir o número de multas, mas sim deixar as velocidades mais próximas as condições atuais das vias e dos carros. Esse aumento dos limites depende também da readequação de alguns pontos importantes de sinalização e na estrutura das rodovias, que devem receber um pintura de faixas mais largas e superelevação nas curvas, que é a inclinação positiva para compensar a força centrífuga, resultado de velocidades mais elevadas.
Aumento de velocidade máxima permitida em rodovias do RS

Aumento de velocidade máxima permitida em rodovias do RS

Aos gaúchos que certamente estão gostando dessa ação, esse aumento da velocidade deve acontecer antes do início do verão, quando começam as viagens de fim de ano e viagens para litoral. Apesar de ser, por enquanto, apenas nas rodovias do RS, essa mudança pode significar que as autoridades estão começando a usar o bom senso para aplicar os limites de velocidade de acordo com as condições das rodovias.