• Home »
  • Dicas »
  • Manutenção preventiva: Erros que diminuem a vida útil do carro

Manutenção preventiva: Erros que diminuem a vida útil do carro

Confira o que NÃO fazer para aumentar a vida útil do seu carro (Manutenção preventiva)

As ruas do nosso Brasil não são as melhores do mundo, todos sabemos disso, mas não são apenas as ruas cheias de buracos ou com calçamentos irregulares que acabam diminuindo a vida útil de nossos carros. Muitos motoristas tem por costume fazer algumas coisas que podem prejudicar o carro tanto a curto, médio ou longo prazo. Até os motoristas mais experientes acabam se acostumando a fazer coisas erradas e por vezes nem se notam que aquilo pode acabar custando caro no futuro, causando graves consequências ao veículo com o passar do tempo. Por vezes você escuta algum barulho esquisito no seu carro e não sabe o que pode ser, fica tentando achar a causa disso, ou então quando seus pneus estão gastando errado, mais em um canto do que no outro, enfim, esses sintomas podem estar diretamente ligados a manias erradas que os motoristas tem fazendo procedimentos de manutenção errados, veja agora o que não fazer, ou melhor, o que evitar para que a vida útil do seu carro aumente:

  • Óleo com validade vencida

Cuide muito com esse detalhe, pois nem sempre se troca o óleo baseando-se pela quilometragem rodada, o óleo também tem validade, então caso não rode a km indicada, mas passe o tempo de validade do óleo, ele deve ser imediatamente trocado pois usar óleo vencido pode causar muitos danos ao motor. Procure seguir sempre a especificação de quilometragem da troca de óleo no manual do proprietário e com isso certamente você estará evitando gastar futuramente com a retifica do motor de seu carro, que dependendo dos casos pode sair bem cara.

Troca de óleo para carro

Troca de óleo para carro

 

  • Andar com o marcador de combustível sempre na reserva

Se você é daqueles que deixa sempre para última hora para abastecer o seu carro, ou então fica colocando gasolina de pouco em pouco, tome cuidado, pois andar com seu carro na reserva do combustível pode causar danos a bomba de combustível que fica dentro do tanque. Andar uma vez ou outra com pouca gasolina, tudo bem, até por que na correria as vezes nem nos damos conta de colocar combustível no carro, por incrível que pareça. O motivo disso é simples, quando a gasolina está na reserva ou próxima disso a bomba não resfria como deveria, se isso for frequente, esse aquecimento pode causar danos. É importante também salientar que carros com injeção eletrônica devem dobrar esse cuidado, visto que pode queimar a parte elétrica e aí sim causar um prejuízo de valor mais elevado.

Painel combustível na reserva - Luz acessa

Painel combustível na reserva – Luz acessa

 

  • Alinhamento do veículo

Se você não costuma atentar para esse ponto, não se espante se um belo dia, quando for ver os pneus do seu carro, eles estiverem gastos a ponto de ter que trocar todos. Sim, usar seu carro com ele desalinhado, sem fazer geometria e balanceamento pode custar muito caro. O carro desalinhado interfere diretamente na vida útil dos pneus, sem contar que as peças da suspensão acabam sendo forçadas de modo errado. Por isso é importante fazer periodicamente alinhamento no carro, e também um rodízio de pneus, pois onde o carro traciona sempre gasta mais, então trocar os pneus entre eles mesmos, é uma boa opção.

Geometria e balanceamento nas rodas

Geometria e balanceamento nas rodas

 

  • Passar em lombadas / quebra-molas em diagonal

É comum ver carros rebaixados, principalmente, passando de lado nos quebra-molas a fim de não deixar raspar no solo, mas isso pode gerar  torções na carroceria do carro, danificando a estrutura a longo prazo. Por isso o indicado é reduzir bastante a velocidade do carro e passar de frente se possível.

  • Deixar o pé apoiado na embreagem

Essa é uma mania que muito motorista tem, principalmente os mais experientes que já aprenderam a dirigir com esse cacoete, mas deixar o pé em cima da embreagem enquanto aguarda o semáforo abrir, por exemplo, ou segurar o carro nas subidas com “meia embreagem”, pode diminuir pela metade a duração do sistema de embreagem.

Leia também: COMO RECUPERAR OS FARÓIS AMARELADOS DO CARRO

  • Ficar girando o volante do carro com as rodas próximas a calçada ou com ele parado

Isso acaba sobrecarregando todo o sistema que faz parte da direção hidráulica do carro. Gire o volante apenas com o carro em movimento, salvo quando for estacionar em locais muito apertados.

Seguindo essas dicas, com certeza você estará ajudando a preservar mais a vida útil de seu carro, preservando assim também o seu bolso, o que é uma excelente ideia visto que as vezes gastar com conserto do carro pode acabar nos encrencando financeiramente, pois geralmente não é um gasto calculado no orçamento. Além de você agir com práticas na condução, fazer a manutenção preventiva de todas as partes do seu carro é essencial para aumentar a vida útil dos seus componentes e peças e evitar gastos indesejadas por bobeiras ou cuidados simples que podemos tomar. Faça sempre Manutenção preventiva do seu carro!

Gostou de nossas dicas? Caso tenha alguma dica que não colocamos acima, sinta-se a vontade para comentar e compartilhar conosco!